Clique aqui para navergar no Website
 
     
Animal Manager - O site de tecnologia animal - Cães, Gatos, Aves, Peixes, Cavalos, Roedores e muito mais...
INFORMAÇÃO CRIADOR ON-LINE
LITERATURA CANINA
  Painel de Controle Cadastre-se Índice Atualizar Voltar  


ECLÂMPSIA - DOENÇA POUCO CONHECIDA...!!!

ECLÂMPSIA

- A eclâmpsia, também chamada de tetania puerperal, desenvolve-se após a perda acentuada de cálcio no leite durante o período de amamentação. É mais frequentemente observada em pequenas cadelas com grandes ninhadas, aproximadamente duas a quatro semanas após a parição. Contudo, a condição pode acontecer em diversos tipos de cadelas e gatas.
A fêmea pode apresentar nervosismo, tremor muscular local, rigidez dos membros (tetania) e convulsão logo após o parto. A diminuição do cálcio pode levar a taquirritmias cardíacas e catarata.
É uma patologia emergencial, pois a paciente corre risco de vida, e como tal, deve-se estabelecer uma rápida reposição de eletrólitos e cálcio. Para que esta condição não ocorra, é muito importante um acompanhamento veterinário gestacional, devendo a fêmea receber cálcio durante a gestação e amamentação.
Nos casos de eclâmpsia recorrente ou ainda de ninhada de muitos filhotes, é aconselhável a amamentação com leite artificial.
Fonte: Koala Hospital Animal

- Qualquer fêmea está sujeita a apresentar tal problema, contudo, as nervosas e as muito tensas são mais suscetíveis à isto depois do parto. Pode ocorrer em qualquer fase depois do nascimento dos filhotes, mas os sinais geralmente aparecem quando estes já tem duas ou três semanas de vida. A fêmea começa a comportar-se estranhamente, parecendo muito nervosa e um pouco insegura em seus membros. Suas pálpebras tremem e ela pode inclusive ter convulsões. O veterinário deve ser chamado imediatamente, a fim de ministrar-lhe dosagens de cálcio. Os filhotes, por sua vez, devem ser alimentados pelo criador com mamadeiras ou por uma ama de leite. Quando o cálcio for ministrado à tempo, age rapidamente e a recuperação é imediata. Se estas medidas não forem tomadas com brevidade, a fêmea pode ter um colapso e morrer. A Eclampsia tem o costume de ocorrer em famílias, ou seja, se uma fêmea sofre desta doença, pode passar para alguma de suas filhas. Da mesma forma, sofrendo deste mal uma primeira vez, é bem possível uma reincidência por ocasião do próximo parto.

TRATAMENTO
- A administração EV lenta de uma solução de cálcio orgânico, como o gliconato de cálcio, deve resultar numa rápida melhora clínica e cessação dos espasmos tetânicos em 15min. Na maioria das cadelas pesando de 5 a 10kg, 5 a 10mL de gliconato de cálcio a 10% proverão cálcio suficiente. A administração deve ser procedida vagarosamente para evitar a indução de fibrilação ventricular e parada cardíaca. Os cãezinhos devem ser removidos das cadelas por 24h para reduzir o dreno lactacional de cálcio. Durante este período, eles devem ser alimentados com sucedâneo lácteo ou outra dieta apropriada; se eles forem suficientemente maduros, é aconselhável desmamá-los. Dietas suplementares de cálcio e vitamina D provaram ser úteis na prevenção de recidivas em certas cadelas. Atenção: Embora alguns clínicos preconizem o uso de corticosteróides além do cálcio e da vitamina D para prevenir recidivas após a terapia original, o seu valor é questionável; eles podem interferir no transporte intestinal de cálcio e aumentar a perda urinária do mesmo.
Fonte: Manual Merk de Veterinária

PREVENÇÃO
- Para sua cadelinha nao sofrer eclâmpsia, basta alimentá-la corretamente e dar um suplemento a base de cálcio. O ideal e fornecer ração para filhotes de boa qualidade, ate que desmame a cria, adicionada de cálcio. Eu costumo indicar um calcio do laboratório Holliday (importado), que pode ser misturado a ração sem interfirir com o sabor ou o odor da mesma. Não esqueça de dar a primeira dose de vermifugo para os filhotes, logo que completarem 20 dias. Boa sorte!
Fonte: Dra Marília Russi de Carvalho - clínica de pequenos animais Canil - Cotia - SP

CANIL WHITE LOVE - "UM AMOR BRANQUINHO SÓ PRÁ VOCÊ!"
Visite nosso site ainda em construção em www.criadoronline.com.br\whitelove
Contatos pelo e-mail whitelove@terra.com.br
aos cuidados da proprietária Dra.Aurea Chaves
 

Voltar

 

 

PW40-137546